segunda-feira, 27 de maio de 2019

Sobre jogar mais - Reflexões

Bom, galera, primeiramente eu gostaria de deixar claro que esse texto é só minha opinião, sem pretensão nenhuma de ser uma verdade absoluta.

Venho aqui explicar por que o RPG solo veio preencher um espaço na minha mente que me incomodava um pouco: o fato de que, antes de conhecer o RPG solo, eu passava muito tempo - muito tempo MESMO - pensando em RPG, lendo RPG, conversando sobre RPG, mas um tempo curtissimo jogando RPG de fato.

Nada contra isso.



Uma pesquisa recente no twitter feita pela Sky Flourish (não me perguntem, eu não faço ideia quem sejam eles...) mostrou que uma quantidade enorme de pessoas aproveita o mundo do RPGs sem jogar de fato, ou jogando muito pouco comparado ao tempo que eles dedicam ao hobby.

Eu acho isso muito válido!

Se um livro de RPG pode lhe trazer mais momentos de distração do que um livro de literatura "comum", super apoio que se leia os livros de RPG apenas pelo prazer da leitura.
Eu , por exemplo, já li a maioria dos suplementos para GURPS lançados no Brasil na década de 90, e NUNCA joguei GURPS na vida! E adorei os livros!

Acho bacana grupos que levam a discussão do RPG para caminhos mais teóricos e filosóficos - gostaria muito de ter essa "profundidade", mas não tenho!kkkkk
O debate em cima de regras, sistemas, indicações e pontuações é o que desencadeia o surgimento de NOVOS sistemas, e esse tempo nunca será "tempo perdido" ("somos tão jovens...")


Além disso, o RPG precisa ser pensado, preparado. Uma aventura de 3 horas muitas vezes vai exigir o dobro desse tempo de preparação de mapas, fichas. A criação de um novo sistema pode levar anos!

Mas eu, enquanto jogador comum, sempre sentia falta de passar mais tempo jogando.


O RPG solo e o "jogar mais"

Graças ao RPG solo, hoje posso dizer que gasto a maior parte do tempo que dedico ao RPG jogando, simplesmente.
Coloco aqui alguns passos que tomei para alcançar essa meta (que pode ser só minha, não acho que tenha que ser uma "meta universal"...)

- Coloquei alguns parâmetros de Foco em minhas leituras e aquisições; o que quer dizer que sempre vou procurar ler primeiro e comprar livros e sistemas que pretendo jogar de fato, o quanto antes;

- Dividir as aventuras e campanhas em cenas; assim, em um dia corrido, posso separar 5, 10 minutinhos para rolar ao menos uma cena;

- Preparar menos, e improvisar mais; na verdade, o RPG solo permite que se improvise quase tudo!

- Tentar manter uma rotina semanal de jogos; e falo de 10, 15 minutinhos cada dia, nada muito exagerado.


Isso pra mim aumentou e muito o meu prazer em jogar, e meu interesse pelo RPG.

Mas, INSISTO, nesse ponto: entendo perfeitamente quem disser pra mim que o "pensar RPG", "conversar sobre" é por si só uma experiência muito satisfatória!

Um comentário:

  1. O Sly Flourish é um site foda com dicas muito legais sobre RPG, o cara já lançou vários livros e entrevista vários autores bacanas também. Em resumo é tipo o seu site, mas nos EUA. ;-)

    RECOMENDO demais o livro do Lazy DM.

    ResponderExcluir

Lançamento: A ESCOLA DE MAGIA E FEITIÇARIA DE TALAKAN

 Imagine uma escola de Magia que fica em um castelo enorme no topo de uma colina. Esse Castelo foi construído através de mágica e possui 4 F...