segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

O " Pré-Jogo": Preparando uma Campanha - Dicas

Olá, pessoal!

Hoje gostaria de mostrar como é meu passo a passo quando penso no início de uma campanha. Aproveito muito o RPG Solo para adentrar ainda mais dentro de assuntos e universos ficcionais que gosto muito, e gostaria de mostrar em etapas como faço isso.

Por exemplo, antes de iniciar minhas séries de gameplays de Star Wars no meu Canal do Youtube, passei vários dias fazendo pesquisas sobre a cronologia da série, sistemas planetários, história Jedi...o mesmo aconteceu quando decidi fazer minha campanha, aqui no blog, de "Lá e de Volta Outra Vez";  passei semanas entrando de cabeça no universo de Tolkien, e resgatei muita coisa que havia lido anos atrás!

Na minha aventura de "Rebelião: Ascensão e Queda", que também escrevi aqui, fiz uma pesquisa extensa sobre a Romênia, onde se passaria a aventura, e descobri muitas coisas bacanas que realmente existem por lá.

Agora, decidido a resgatar o clima e nostalgia do meu primeiro RPG - O Defensores de Tóquio original, do grande Marcelo Cassaro - vou mostrar o que estou fazendo ANTES da aventura começar.



"Mas Tarcisio...pra que tudo isso?"

O objetivo é aumentar a imersão dentro da história e dos personagens.
Acredito que o RPG Solo tem essa possibilidade, de começar antes da partida de fato, e durar muito tempo depois. Aqui , temos a possibilidade de criarmos todo um clima ANTERIOR ao inicio do jogo com maior ou menor profundidade (isso quem decidirá será nós mesmos), coisa que no RPG em grupo seria mais algo do tipo..."ficar esperando o  que o MESTRE está preparando..."

Bom, como eu sempre digo nos meus vídeos (mais vezes do que eu gostaria), "Vamos lá então!"....


A PREPARAÇÃO

Passo 1 - Pesquisar na internet ou em livros o assunto geral ou cenário em que se passará a campanha;

No caso, é pesquisar o universo dos seriados do gênero Tokusatsu, sua origem, principais representantes, elementos característicos...pode parecer muita coisa, mas não leva mais de 30 minutinhos fazer algo assim...

Passo 2 - Criar um banco de Imagens para "entrar no clima"

Aqui busco referências visuais de monstros, cidades, figurino, objetos...tudo que possa contribuir para caracterizar o cenário que irei criar.

Passo 3 - Assistir alguns episódios de alguma série clássica do estilo

Procurei no Youtube, e encontrei muita coisa lá! Assisti alguns episódios de Black Kamen Rider, Jaspion e Ultraman - esse último me deu exatamente o tipo de clima que eu estava procurando!

Passo 4 - Criar o cenário básico e os personagens tendo essas influências em mente

Graças ao céus, essa parte é bem fácil em Defensores de Tóquio. Criar um personagem completo leva no máximo 5 minutos (e Deus sabe como eu ODEIO a fase de distribuir pontos, escolher habilidades, pericias, vantagens e desvantagens...mas 5 minutos não me causa sofrimento).

Passo 5 - Assistir mais alguns episódios dessas séries, mas agora tendo em mente tudo aquilo que criei

O segredo aqui é tentar imaginar aquelas situações acontecendo com seus personagens, sua ambientação...ficaria legal? Funcionaria?

Se a resposta for sim, siga em frente e comece a campanha!
Se a resposta for não, reformule os conceitos de sua criação.

Passo 6 - JOGAR!

E pronto! É isso.

Parece muita coisa, mas não leva mais que alguns dias.

Tem sido bem satisfatório para mim seguir estes passos. Quando minha aventura começa, me sinto super a vontade dentro do cenário, o que aumenta em muito as possibilidades que consigo imaginar para meus personagens e no desenrolar da história em si...

Que tal tentar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lançamento: A ESCOLA DE MAGIA E FEITIÇARIA DE TALAKAN

 Imagine uma escola de Magia que fica em um castelo enorme no topo de uma colina. Esse Castelo foi construído através de mágica e possui 4 F...